O CentOS acabou. É hora da migração para o AlmaLinux.

Com o fim da versão estável do CentOS, os administradores de servidores precisam migrar para o AlmaLinux urgente.

Junho 4, 2023 - 12:08
 0  357
O CentOS acabou. É hora da migração para o AlmaLinux.
Com o fim do CentOS os hostings devem procurar outra distro para usarem.
Experimente Grátis a hospedagem de 1GigaHost

Desde dezembro de 2020 a comunidade mantenedora do CentOS e a RedHat já haviam anunciado o fim da versão gratuita baseaa na distribuição estávelk do RedHat, o RHEL ((Red Hat Enterprise Linux).

Suporte cPanel, Plesk, aaPanel, WHMCS e mais.
Proteja seu site com selos de segurança!

A decisão da RedHat foi encerrar a versão estável e amplamente utilizada nos servidores web da Internet, por uma versão beta de teste, chamada CentOS Stream, que, por ser beta, não serve para hospedar nada na internet. Tal qual o Fedora (embora este seja utilizado pela Amazon, por exemplo).

A Red Hat e o Projeto CentOS anunciaram que estavam unindo forças para construir um novo CentOS, mas que, na verdade, representava a sua morte completa.

O CentOS (Community Enterprise Operating System) foi desenvolvido em 2003, mas desde 2014 passou a ser controlada pela Red Hat, uma decisão que já deixava a comunidade do software livre e gratuito desconfiada e aterrorizada.  Como o desenvolvimento da versão estável continuaria, o problema foi postergado por alguns anos.

Desde aí, o CentOS lançou duas versões de muita utilização e sucesso até o presente: CentOS 7 e CentOS 8.  A versão 7, lançada em 2015 pode ser considerada uma das mais utilizadas em servidores mundo afora.

Diante das decisões de encerramento da distro, o fundador do CentOS, Gregory Kurtzer, iniciou o projeto Rocky Linux quando a Red Hat anunciou o fim do desenvolvimento do CentOS em dezembro de 2020. 

Posteriormente, uma nova distro, também derivada da RedHat (RHEL) foi lançada pelo Cloud Linux em março de 2021: Alma Linux.  A Cloud linux é a mantenedora principal, com uma doação anual de 1 milhão de dólares. Entretanto, os doadoers não param aí, indo desde a Microsoft até Equinix, cPanel, Plesk, AMD, Amazon, etc.

O suporte para o Alma Linux 8 é previsto até 2029.  Alma Linux é o clone do RHEL substituto para o CentOS e agora adotado oficialmente pelas plataformas de painéis de controle, como o cPanel e Plesk.

O CentOS 7 e 8 são as versões finais do CentOS Linux. As datas de fim de vida útil do CentOS 7 e 8 são as seguintes:
CentOS 8: 31 de dezembro de 2021.
CentOS 7 a 30 de junho de 2024.

Agora resta aos usuários e administradores de servidores web baseados no CentOS migrarem para outras versões estáveis e espelhos do RHEL, de plataforma gratuita.

FTP para backup de servidores, hosting, DVR e imagens.